Palestra de David Chappell na Microsoft! “The Windows Azure Platform: A Perspective”

 
Boa-noite a todos. Após participar de um ótimo evento, há alguns dias, com Steve Ballmer, ontem foi mais um dia de evento com uma grande celebridade: David Chappell! Para quem não sabe, David é diretor da Chappell & Associates em San Francisco, Califórnia. Em suas palestras e consultorias, ajuda os profissionais de tecnologia de todo o mundo a entender, utilizar e tomar decisões com relação a software empresarial. David Chappell já publicou vários artigos de assuntos polêmicos. Basta verificarem uma entrevista de 2008 onde ele fala sobre o possível fracasso do SOA nas organizações (clique aqui para ver o artigo, ou aqui para ver o vídeo da entrevista).
 
Este evento na Microsoft já estava anunciado desde o último RAF (RAF 2010 – cobertura do 1º dia, cobertura do 2º dia, organizado pelo amigo Waldemir Cambiucci, arquiteto Microsoft, que inclusive estava lá ontem!). Além dos presentes, houve uma transmissão on-line para os inscritos.
 

A chegada de David não poderia ser melhor. Abriu sua palestra contando algo muito engraçado que aconteceu com ele e Bill Gates. "Essa história é verídica", disse ele. David contou que certa vez abriria uma palestra junto com Bill Gates, e por algumas recomendações da organização do evento, foi pedido que ele entrasse no palco mas, ao convidar Bill ao palco, não se cumprimentassem com as mãos. Ambos estavam avisados. Pois bem. David entrou e foi recebido com uma salva de palmas, que em pouquíssimos instantes, cessou. Motivo: todos achavam que era Bill Gates que estaria entrando. Esse foi o primeiro "mico". Para completar, anunciou o nome de Gates, convidando-o à entrar. Quase que subitamente, Gates subiu ao palco e estendeu as mãos para cumprimentá-lo. David não entendeu nada, pois o combinado não era isso. "Bom, se o Bill está estendendo as mãos, vou cumprimentá-lo!", disse ter pensado ele. Mal sabia ele que Bill se lembraria do "acordo" durante a sua caminhada e, quase que simultaneamente, enquanto David estendia as mãos, Bill voltava elas para trás. Resultado: David ficou no ar e, por fim, acabaram não se dando as mãos. Imagine a situação rs…
 
Brincadeiras à parte, Chappell fez uma apresentação muito interessante, avisando inclusive que, por não ser da Microsoft, tinha total independência para poder falar do Windows Azure e citar ainda funcionalidades de seus concorrentes, como Amazon, Google, entre outros. De forma geral, é claro que a palestra foi voltada ao Windows Azure, pois esse era o tema proposto.
 


Vocês acham que eu perderia uma foto com David Chappell???

O que é Cloud Computing?
David explicou que, para falarmos de Cloud Computing, é extremamente necessário entender o que é e o que realmente define uma plataforma como Cloud Computing.
Segundo ele, uma plataforma Cloud Computing pode ser resumida em 4 funções principais:
  • Ela permite aos desenvolvedores criar e executar aplicativos, armazenamento de dados e muito mais.
  • Ela oferece serviço de auto-acesso aos recursos, por exemplo, através de um browser.
  • Ela permite granular e alocar recursos sob demanda.
  • Ele carrega apenas os recursos que um aplicativo utiliza.


Windows Azure Compute Service – A closer look

Diferenças entre uma nuvem pública e uma nuvem privada
Estes 2 conceitos existem e devem ser entendidos. Segundo Chappell, as definições de ambas são as seguintes:
  • Nuvem pública: A plataforma na nuvem executada por um prestador de serviços, tais como Microsoft, a Amazon ou a Google, disponibilizada para muitas organizações de usuários finais.
  • Nuvem privada: Uma plataforma na nuvem executada apenas para uma organização de usuário final único, como um banco ou agência.

David falou ainda sobre SQL Azure, IaaS (Infrastructure as a Service), PaaS (Plataform as a Service), fez comparações entre o Amazon Web Services e o Windows Azure Platform, comparações entre Google AppEngine e Windows Azure Platform, e citou os preços gerais para o uso do Windows Azure.

 
Google AppEngine, Amazon Web Services X Windows Azure Platform

Para IaaS e PaaS, David conversou sobre os seguintes itens:

IaaS (Infraestrutura como serviço)

  • Desenvolvedores criam máquinas virtuais (VMs), nas quais eles têm acesso total.
  • Oferece controle total, mas também responsabilidade total.

PaaS (Plataforma como serviço)

  • Desenvolvedores fornecem uma aplicação que roda na plataforma.
  • Fornece um ambiente de execução mais fácil de usar, mas limita a liberdade.

Para finalizar, em seu slide final, David destacou a seguinte afirmação: "A plataforma na nuvem está aqui, e a Microsoft está colocando uma grande aposta nela com o Windows Azure.". David ainda colocou: "Um novo mundo está se revelando: prepare-se para ser parte dele."

Há duas frases de David que não estava nos slides, porém ele falou e eu anotei, dignas de motivação para todos nós, profissionais de TI: "Inovação é o que empurra o mundo para frente.". Para finalizar o evento: "Nós, que trabalhamos com software, hoje, trabalhamos na profissão mais importante do mundo.".

Enfim, mais um ótimo evento. Também é sempre bom encontrar nossos amigos da Microsoft por lá… Waldemir Cambiucci, Markus Christen, Rodolfo Roim, Roberto Prado…

Para ver todas as fotos que tirei do evento, inclusive de alguns slides apresentados, clique aqui.

Quer conhecer melhor David Chappell? Entre no seu site oficial: http://www.davidchappell.com.

Um grande abraço a todos! Caso queiram comentar ou adicionar algo no post, fiquem à vontade!
Idevar Júnior.

Este era o convite que recebi sobre o evento:

  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: