Como ativar a hibernação no Windows 10

Olá a todos!

Antes de iniciar o post, vamos recapitular as formas básicas que existem para se “desligar” o Windows, considerando as opções disponíveis no menu Iniciar:

  • Desligar: desliga completamente a máquina (deixando ela sem consumo algum de energia). Ao ligar, o Windows terá que ser carregado do zero novamente.
  • Reiniciar: desliga e re-liga a máquina, carregando novamente o Windows.
  • Suspender: desliga a máquina parcialmente (apenas deixa ela com baixíssimo consumo de energia). A vantagem desta opção é que, ao re-ligar, tudo será carregado mais rápido. A desvantagem é que, caso você mantenha ela suspensa por muito tempo, toda a bateria poderá ser consumida.
  • Hibernar: carrega as aplicações da memória RAM para o disco rígido e desliga completamente a máquina (deixando ela sem consumo algum de energia). Utilizando esta opção, quando você ligar a máquina novamente, estará no mesmo ponto de quando hibernou, como se não tivesse sido desligada. A vantagem é que não há consumo de energia enquanto hibernada. A desvantagem é que o re-ligamento pode ser mais lento que na opção Suspender.

Tudo explicado. Agora vem a questão. O Windows 10, por default, não possui a opção “Hibernar” ativada:

Como existe uma certa confusão, para grande parte dos usuários, na diferença entre suspender e hibernar, a Microsoft resolveu desabilitar esta opção para incentivar o uso da opção Suspender. Tecnicamente, é a mais rápida, e consome menos energia. Isso vale quando você está com vários aplicativos abertos, e numa questão de correria, não quer fechar todos, mas sim, apenas mantê-los disponíveis (com a máquina “desligada”) até continuar a usá-los (exemplo: utilização do notebook em ambiente de trabalho, nas idas e voltas de reuniões). O problema é quando você possui este cenário, mas ficará com a máquina suspensa por várias horas (exemplo: passará a noite toda dormindo e não quer fechar todas as suas aplicações). Neste último caso, se utilizar a opção Suspender, sua bateria terá um consumo. Pois bem: como ativar a opção “Hibernar”?

Vou explicar o atalho mais simples: segure a tecla WINDOWS + X para abrir o menu de contexto do Windows. Escolha “Opções de Energia”. Na janela, escolha “Configurações de Energia Adicionais” (outra maneira é clicar com o botão direito do mouse sobre a barra de energia (ao lado do relógio), e escolher “Opções de Energia”. Na nova janela, clique em “Escolher a função dos botões de energia”. Clique em “Alterar configurações não disponíveis no momento”. Na parte inferior da janela, observe que a opção “Hibernar” está disponível, mas desativada. Clique no check-box para ativá-la. Clique em “Salvar alterações”. Pronto, a opção “Hibernar” estará disponível no menu Iniciar*.

* Observação importante: nem todas as máquinas possibilitam a utilização da hibernação. É necessário que o hardware tenha esta funcionalidade. Caso não possua, a opção não estará disponível para ativação.

Abraços,

Idevar.

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: