Arquivo para categoria Windows 7

Como descobrir o serial do seu Windows

Muita gente pergunta se é possível recuperar o número serial de instalação do Windows, caso tenha perdido. Essa é uma tarefa muito simples, que pode ser feita através de alguns softwares que fazem a leitura do registro de instalação. Uma dessas ferramentas gratuitas é o ProduKey. Para baixar, seguem os links:

Versão 32 bits: http://www.nirsoft.net/utils/produkey.zip

Versão 64 bits: http://www.nirsoft.net/utils/produkey-x64.zip

produkey1

Após a instalação, basta abrir o software e ele exibirá os números seriais. Observe que é possível recuperar inclusive o serial do Office.

Grande abraço.
Idevar.

 

Deixe um comentário

É possível atualizar o Windows 1.0 para o Windows 7? Ou seria apenas lenda?

Para os amantes de Microsoft, como eu, seria brilhante ver o resultado de uma atualização como essa. Será lenda??? Não! É possível sim, e Andrew Tait, um cara fascinado em Windows como nós, provou o que disse! Imagine só: o Windows 1.0 foi lançado em 1985, e o Windows 7, em 2009. São simplesmente 25 anos de história do mais conhecido sistema operacional de todos os tempos.

Andrew Tait foi paciente e gravou o vídeo com cada atualização. Montou uma máquina virtual com o VMWare, instalou o DOS 5.0 e mandou bala. Instalou o Windows 1.0 e, posteriormente, cada versão consecutiva, até chegar no Windows 7. O resultado foi melhor que esperado em termos de compatibilidade com o legado. Até mesmo os jogos Doom II e The Secret of Monkey Island (saudades desse tempo!), instalados na primeira versão, continuaram funcionando no Windows 7 (a única exceção temporária foi quando passou pelo Windows 2000, que não tem suporte DOS, mas se recuperando no XP). Outro detalhe foi um problema no esquema de cores, que foi mantido até a versão do Windows 2000, e perdida (alterada) do Windows XP para frente. Até aí, pode ser algo relacionado até mesmo a drivers, devido às atualizações seguidas.

Quer ver tudo isso funcionando? Abaixo, o vídeo com o resultado…

Vale a pena conferir.

Um grande abraço a todos!
Idevar.

2 Comentários

Finalizando múltiplos processos no Windows 7

Olá, pessoal. Como vão vocês?

Estou aqui para falar sobre encerrar processos no Windows 7. Sabemos que isso é facilmente possível através do Gerenciador de Tarefas do Windows (CTRL + SHIFT + ESC – meu predileto, ou pelo famoso CTRL + ALT + DEL, selecionando “Iniciar Gerenciador de Tarefas”).

Agora, e quando precisamos “matar” vários processos de uma só vez? Quem nunca teve alguma surpresinha na navegação pelo browser, por exemplo, e teve algum programa suspeito que abriu milhares de janelas do IE, de uma forma que você não consegue nem mesmo fechar uma delas? rs. Ou, por exemplo, vários programas travados, consumindo recursos de memória, de forma que você não consegue nem abrir o próprio Gerenciador de Tarefas para matá-los um a um?

Antes de falar sobre isso, vamos conhecer os seguintes comandos, que podem ser executados pelo prompt de comando do Windows:

  • tasklist: exibe lista de processos sendo executados (é como uma versão simples do “Gerenciador de Tarefas” via linha de comando)
  • taskkill: encerra processos no Windows (Exemplo: taskkill /pid 3240 (onde 3240 é o número identificador do processo).

Existem softwares de terceiros que permitem o encerramento de vários processos, mas a ideia deste post é usar o taskkill, do próprio Windows, para “matar” múltiplos processos. Vamos fazer o seguinte:

  1. Abra o Menu Iniciar
  2. Entre no Prompt de Comando (digite cmd e pressione [ENTER])
  3. Digite:
    taskkill /F /FI “STATUS eq NOT RESPONDING”
  4. Pressione [ENTER]

O que acabamos de fazer? Encerramos todos os processos que não estavam respondendo (status “NOT RESPONDING”). Quer explorar outras possibilidades? Digite taskkill /? e veja outras linhas de comando. É possível criar até um arquivo .BAT para automatizar esse processo e deixar um atalho para isso na sua área de trabalho. Para isso, abra o Bloco de Notas, digite apenas o comando passado no item 2 e salve o arquivo com algum nome, como matar_processos.bat. Adicione um atalho para ele no seu desktop e pronto!

Agora você já sabe o que fazer quando tudo estiver travado. Execute o batch “matadouro” e mande ver!

Um abraço a todos,

Idevar.

    4 Comentários

    Tipos de arquivo suportados pelo Windows Media Player – Problemas com Codecs

    Olá, pessoal. Tudo bem com vocês?

    Estive alguns dias sem publicar posts, devido às férias, mas estou de volta! Um ótimo e feliz 2011 para todos nós!

    Gostaria de postar um link interessante da Microsoft sobre os tipos de arquivo suportados pelo Windows Media Player. Muita gente questiona problemas de vídeo no Windows, que na sua maioria, são falta de codec ou tipo de arquivo incompatível com o programa.

    Segue link oficial sobre os tipos de arquivo de vídeo suportados, incluindo as respectivas versões:
    http://support.microsoft.com/kb/316992/pt-br

    Quanto a problemas na reprodução de vídeos (falta de áudio, interrompimento do vídeo, problemas na leitura do vídeo, etc), um bom pacote de codecs normalmente resolve o problema. Eu recomendo o K-Lite Mega Codec Pack:

    K-Lite Mega Codec Pack:
    http://fileforum.betanews.com/detail/KLite-Mega-Codec-Pack/1080441198/1

    Conforme post que publiquei no passado sobre o assunto (https://idevar.wordpress.com/2010/02/04/k-lite-mega-codec-pack-uma-das-melhores-opcoes-de-pacote-de-codecs-de-video-para-o-windows-7/), existe uma versão K-Lite Codec Pack 64-bitss, necessária apenas para determinadas aplicações onde o pacote anterior não funcione. O próprio fabricante recomenda utilizar somente em caso de extrema necessidade, podendo inclusive co-existir junto à versão 32-bits:
    http://www.codecguide.com/klcp_64bit.htm

    Deve-se lembrar que nem tudo se corrige com instalação de codec. Vários casos se relacionam à performance da placa de vídeo, CPU ou memória. Isso normalmente ocorre com vídeos de alta definição (1080 linhas ou superior, por exemplo). Sendo assim, é sempre importante não descartar a necessidade de upgrade na máquina.

    Um abraço a todos e até a próxima!
    Idevar.

    Deixe um comentário

    Ativando o Windows 7: perguntas frequentes

    Pessoal, normalmente existem muitas dúvidas com relação à ativação do Windows 7. Exemplo: “posso instalar o Windows em mais de um computador com a mesma chave? o que acontece se eu trocar de computador e tentar instalar novamente o Windows? “.

    Vale lembrar que, no Windows XP, a ferramenta responsável pela verificação da autenticidade do sistema operacional chama-se WGA (Windows Genuine Advantage). No Windows Vista e no Windows 7, a tecnologia continuou, mas foi alterada para WAT (Windows Activation Technologies).

    Existe um link no site da Microsoft com as perguntas mais frequentes sobre ativação. Vale a pena conferir:
    http://windows.microsoft.com/pt-BR/windows7/Activating-Windows-7-frequently-asked-questions

    Abraços,
    Idevar.

    Deixe um comentário

    Como instalar o Windows 7 em um netbook via Pen-Drive – Método 2

    Pessoal, no ano passado, publiquei um post sobre como instalar o Windows 7 em um netbook usando pen-drive. Se você já aprendeu o passo-a-passo, saiba que existe um outro método, mais simples ainda: utilizando uma ferramenta chamada Windows 7 USB/DVD Download Tool, disponível para download gratuito na própria Microsoft Store.

    A ferramenta solicita uma imagem ISO do Windows 7, ou seja, esse é um pré-requisito. Após a escolha da imagem, você escolhe, a partir dessa imagem, se deseja gerar um DVD ou um USB bootável. O processo é rápido e simples.

    Lembrando: a memória USB precisa ter espaço livre de, no mínimo, 4GB.

    Download do Windows 7 USB/DVD Download Tool
    Link com maiores informações sobre o software.

    Abraços e até o próximo post,
    Idevar.

    1 comentário

    Windows 7 Service Pack 1 Beta lançado

    Olá, pessoal. Tudo bem?
     
    Aqui estou novamente para falar de mais uma novidade: em julho deste ano, a Microsoft lançou a versão beta do Service Pack 1 (SP1) do Windows 7. O download está disponível ao público, porém o pacote não é recomendado aos usuários domésticos, mas sim aos profissionais de TI. Por se tratar de uma versão beta, o sistema pode ficar instável. Devemos lembrar que, até o lançamento da versão final, o próprio Service Pack deve ter correções. Ainda não há data divulgada para o lançamento da versão final. A imprensa internacional está divulgando a probabilidade de lançamento até a metade do ano de 2011. Se isso for verdade, teremos um bom tempo para testes.

    A versão está disponível somente para os idiomais inglês, francês, alemão, japonês e espanhol, em x64 ou x86. Além disso, o SP1 beta não poderá ser atualizado para a versão final. Quando existir a versão final, será necessário desinstalar o pacote beta para instalar a nova versão. Também não há suporte técnico da Microsoft para essa versão. Sendo assim, instale esse pacote somente se você tiver certeza do que está fazendo. Uma sugestão é instalá-lo em uma máquina virtual (usando o Windows Virtual PC, por exemplo), pois assim, nada será afetado em seu computador.
     
    Aí cabe a pergunta principal: o que há de novo? Na verdade, o SP1 trata-se mais de um pacotão de correções anteriores e algumas novas, do que propriamente um pacote de novidades. As novidades mesmo estão na versão servidor: junto ao Windows 7 Service Pack 1 Beta, a Microsoft lançou também o primeiro Service Pack para o Windows Server 2008 R2. Neste último, além de correções, os profissionais de TI ganharão algumas funcionalidades extras, entre as principais: Memória Dinâmica (permite que remotamente seja possível alterar a quantidade de memória de uma máquina, ou ainda distribuí-la a outros computadores sob o mesmo host, sem a necessidade de interrupção), e RemoteFX (melhora a experiência do acesso virtual, permitindo que até programas em 3D sejam transmitidos via acesso remoto, além da habilitação total da interface Aero para as máquinas remotas).
     
    Segue o link para download de ambas versões:
     
    Estou instalando em meu computador. Quando tiver algum resultado dos testes, posto aqui!
     
    Um abraço!
    Idevar Júnior.

    Deixe um comentário