Arquivo para categoria Windows 7

Como instalar o Windows 7 em um netbook via Pen-Drive – Método 2

Pessoal, no ano passado, publiquei um post sobre como instalar o Windows 7 em um netbook usando pen-drive. Se você já aprendeu o passo-a-passo, saiba que existe um outro método, mais simples ainda: utilizando uma ferramenta chamada Windows 7 USB/DVD Download Tool, disponível para download gratuito na própria Microsoft Store.

A ferramenta solicita uma imagem ISO do Windows 7, ou seja, esse é um pré-requisito. Após a escolha da imagem, você escolhe, a partir dessa imagem, se deseja gerar um DVD ou um USB bootável. O processo é rápido e simples.

Lembrando: a memória USB precisa ter espaço livre de, no mínimo, 4GB.

Download do Windows 7 USB/DVD Download Tool

Abraços e até o próximo post,
Idevar.

1 comentário

Windows 7 Service Pack 1 Beta lançado

Olá, pessoal. Tudo bem?
 
Aqui estou novamente para falar de mais uma novidade: em julho deste ano, a Microsoft lançou a versão beta do Service Pack 1 (SP1) do Windows 7. O download está disponível ao público, porém o pacote não é recomendado aos usuários domésticos, mas sim aos profissionais de TI. Por se tratar de uma versão beta, o sistema pode ficar instável. Devemos lembrar que, até o lançamento da versão final, o próprio Service Pack deve ter correções. Ainda não há data divulgada para o lançamento da versão final. A imprensa internacional está divulgando a probabilidade de lançamento até a metade do ano de 2011. Se isso for verdade, teremos um bom tempo para testes.

A versão está disponível somente para os idiomais inglês, francês, alemão, japonês e espanhol, em x64 ou x86. Além disso, o SP1 beta não poderá ser atualizado para a versão final. Quando existir a versão final, será necessário desinstalar o pacote beta para instalar a nova versão. Também não há suporte técnico da Microsoft para essa versão. Sendo assim, instale esse pacote somente se você tiver certeza do que está fazendo. Uma sugestão é instalá-lo em uma máquina virtual (usando o Windows Virtual PC, por exemplo), pois assim, nada será afetado em seu computador.
 
Aí cabe a pergunta principal: o que há de novo? Na verdade, o SP1 trata-se mais de um pacotão de correções anteriores e algumas novas, do que propriamente um pacote de novidades. As novidades mesmo estão na versão servidor: junto ao Windows 7 Service Pack 1 Beta, a Microsoft lançou também o primeiro Service Pack para o Windows Server 2008 R2. Neste último, além de correções, os profissionais de TI ganharão algumas funcionalidades extras, entre as principais: Memória Dinâmica (permite que remotamente seja possível alterar a quantidade de memória de uma máquina, ou ainda distribuí-la a outros computadores sob o mesmo host, sem a necessidade de interrupção), e RemoteFX (melhora a experiência do acesso virtual, permitindo que até programas em 3D sejam transmitidos via acesso remoto, além da habilitação total da interface Aero para as máquinas remotas).
 
Segue o link para download de ambas versões:
 
Estou instalando em meu computador. Quando tiver algum resultado dos testes, posto aqui!
 
Um abraço!
Idevar Júnior.

Deixe um comentário

Windows 7 consome menos energia que o Windows XP

Um estudo feito pela empresa Mindteck conclui que o Windows 7 consome menos energia que o Windows XP, comparando seu uso no mesmo computador.
 
Os testes foram feitos em alguns PCs com 4 configurações distintas:
  • Pentium 4 com configurações de fábrica;
  • Pentium 4 com drivers atualizados;
  • Computadores com processadores mais recentes e configurações de fábrica;
  • Computadores com processadores mais recentes e drivers atualizados.
Em todos os computadores, os cenários testados foram:
  • Uso leve;
  • Uso intenso;
  • Ocioso.

O interessante foi que o teste chegou a conclusões de performance com o uso do próprio Windows XP em cenários diferentes. Veja, resumidamente, o relatório final:

  • No Windows XP, manter o computador com os drivers atualizados melhora muito o consumo de energia com relação à configuração padrão;
  • Instalar o Windows 7 em um computador com o Windows XP leva a um resultado de consumo ainda melhor, reduzindo o consumo em cerca de 10% na maior parte dos casos, e em até 25% em determinado cenário.

Veja um resumo pela tabela abaixo:

Caso queira mais detalhes, confira o relatório completo da empresa Mindteck, que ela chama inclusive de "Enabling Green Computing with Windows 7" (Habilitando o uso da TI Verde com o Windows 7), nome dado devido à redução de consumo de energia. O relatório mostra um estudo bem abrangente, que demonstra inclusive o consumo com o uso ou não de monitores LCD no Windows 7.
 
Os números não são astronômicos, porém em empresas que mantêm muitos computadores ligados 24 horas por dia, esses números podem passar a ser significativos para uma possível redução de custos, além, é claro, de estar contribuindo para o meio ambiente sempre que existe essa redução.
 
Abraços a todos!
Idevar.

Deixe um comentário

Atualização XP Mode x Windows Virtual PC sem necessidade Hardware Virtualization

Pessoal, uma ótima notícia: hoje, no evento que falei sobre Windows 7, alguns participantes me avisaram sobre uma novidade que agradará a muitos. O tão famoso recurso do Windows 7, chamado XP Mode, agora pode ser utilizado mesmo em computadores que não possuem processadores com Hardware Virtualization.
 
Para entender melhor este recurso, leia o meu artigo anterior.
 
Veja os links para as atualizações:
Windows 7 32-bits (x86): link de download oficial
Windows 7 64-bits (x64): link de download oficial
 
É claro que o XP Mode não terá a mesma performance entre um processador com Hardware Virtualization e outro sem essa tecnologia. Dê sempre preferência ao recurso de hardware. De qualquer forma, é uma ótima notícia para quem não conseguiu ver esse recurso funcionando. Se você instalar a atualização (patch) em um computador com hardware virtualization (o que seria desnecessário), fique tranquilo: o XP Mode sempre dará prefência pelo recurso de hardware, e não de software. Sendo assim, a performance será sempre a melhor possível.
 
Aproveitem!
Abraços,
Idevar Júnior.

Deixe um comentário

Download do novo Windows Live Messenger 2010 Beta (Windows Live Essentials 4)

Olá, pessoal. Tem novidade na área.
 
A Microsoft disponibilizou ontem (24/06/2010) o download do novo Windows Live Essentials 4, pacote que inclui o Windows Live Messenger, conhecido como muitos por Windows Live Messenger 2010. E o melhor: está em PT-BR. Segue link para download:
 
Para quem não sabe, esta é a versão apresentada com exclusividade no Brasil por Steve Ballmer, evento que estive na USP. Segue link com mais informações e vídeos:
 
Aproveitarei para demonstrá-lo em minha próxima palestra que será amanhã, na unidade Vergueiro da Universidade Nove de Julho:
 
Lembrem-se que se trata de uma versão beta, portanto está sujeita a bugs.
 
Façam bom proveito!
Abraços,
Idevar.

Deixe um comentário

Windows 7 cria uma partição de 100MB? Para que serve isso?

Venho hoje falar sobre um assunto que gera muita curiosidade e discussão entre os usuários, no momento da instalação do Windows 7. Ao instalar algumas versões do Windows 7, pela primeira vez, criando partições e formatando o micro pelo próprio instalador, aparece uma mensagem dizendo que o Windows criará automaticamente uma partição de dados para o funcionamento correto de alguns recursos. Não há como fugir. No início da instalação, você se depara com uma partição de sistema, criada com 100MB. Mas o que é isso? Por que em algumas versões isso não acontece?

Você já ouviu falar de um recurso do Windows chamado BitLocker? Se quiser maiores detalhes, assista a minha palestra correspondente em http://www.youtube.com/watch?v=JLNLllRZ2gg, onde falo sobre o BitLocker e o BitLocker To Go. Resumidamente, se trata de um recurso de criptografia do Windows, usado principalmente por quem possui notebooks e precisa que seus dados estejam sempre seguros, mesmo que seu equipamente seja roubado.

Pois bem… e a partição de 100MB, o que tem a ver com esse assunto? Acontece que essa partição é criada nas versões Windows 7 Ultimate e Windows 7 Enterprise, as únicas que carregam o recurso do BitLocker. Também é criada na versão Windows 7 Professional que, apesar de não carregar o recurso para uso efetivo, ou seja, de criptografar, pode ler uma partição criptografada pelo BitLocker. Por isso a confusão, onde alguns instalam outras versões do Windows e dizem que esta partição não é criada. Esta partição também possui o Windows Recovery Environment (WinRE), para facilitar tarefas de manutenção.

Reforçando, essa partição de 100MB é criada automaticamente apenas pelo Windows 7 Ultimate / Enterprise e possui 2 funções:

  • Guardar informações do boot do sistema;
  • Permitir o seu uso como um espaço para os dados necessários à criptografia do BitLocker.

Como esta partição é criada logo na instalação, não será necessário reparticionar o disco manualmente após a instalação para que se possa utilizar o BitLocker. O recurso já fica preparado para o uso.

Fique tranquilo: essa partição é criada como tipo “sistema”. Sendo assim, é transparente ao usuário final.

Existem formas de se remover essa partição, mas não recomendo, pois retira parte da função do sistema operacional, ficando sujeito a problemas sem suporte. Nos comentários abaixo, alguns usuários me perguntaram e respondi com links de post a respeito.

Um abraço a todos e uma ótima semana! Logo estarei aqui de novo.
Idevar Júnior.

123 Comentários

Qual é a melhor versão do Windows 7 para você? Confira a tabela completa com todos os recursos!

Muita gente se confunde na hora de escolher a versão do Windows 7 que se encaixa melhor no seu perfil. No total, são 6 versões:
 
  • Windows 7 Starter
  • Windows 7 Home Basic
  • Windows 7 Home Premium
  • Windows 7 Professional
  • Windows 7 Enterprise
  • Windows 7 Ultimate

Perante tantas versões, o que fazer? As primeiras versões da lista acima possuem diferenças drásticas com relação à interface gráfica. Meu conselho: se você gosta de interface gráfica e de efeitos visuais, fuja das versões Starter e Home Basic, pois ambas não permitem o uso do Aero (recurso gráfico com visual 3D). Quanto as versões Enterprise e Ultimate, ambas são idênticas, sendo a única diferença entre elas a questão do licenciamento: a versão Enterprise se restringe a licenciamento em volume, ou seja, voltada ao mercado corporativo.

O cenário mais comum que vejo atualmente: Home Premium para os usuários domésticos, Professional para os usuários corporativos e Ultimate para os usuários "geeks", isto é, fanáticos em tecnologia e recursos. A versão Ultimate é famosa por ser a única a possuir o BitLocker e o BitLocker To Go (recursos de criptografia para HDs e dispositivos externos, como pen-drive), entre outras regalias. 

Veja abaixo uma tabela comparativa pela própria Microsoft, em uma visão mais generalizada, apenas entre as principais versões: Home Premium, Professional e Ultimate:
http://windows.microsoft.com/pt-BR/windows7/products/compare

Esta outra tabela demonstra os recursos divididos por categorias, entre todas as 6 versões do Windows. É uma tabela bem interessante. Vale a pena conferir:
http://www.winsupersite.com/win7/win7_skus_compare.asp

Aqui, a mesma tabela, porém traduzida para o Português brasileiro:
http://tibrasil.com/windows/43-comparativo-das-versoes-do-windows-7-todos-os-recursos

Procure a versão que melhor se adapta a você! Apenas como recordação, segue foto que tirei no evento de lançamento do Windows 7, próximo às 0 horas do dia 22 de outubro de 2008, no Extra Itaim, onde as meninas demonstravam as versões disponíveis à venda. Da esquerda para a direita: Home Premium, Ultimate, Professional, Home Basic.

Para conferir o artigo do evento e mais fotos, segue link: http://idevarjr.spaces.live.com/blog/cns!2A6A45BD7AE296E7!349.entry

Fui!
Idevar.

1 comentário